Seguidores

Follow by Email

terça-feira, 30 de abril de 2013

venci a chinesinha.

Uhuu consegui passar a linha e regular o ponto na minha chinesinha, venci a bicha véia. nem precisei de um tecnico me virei nos 30 e di um geito o ponto ficou lindo agora posso voltar as costuras, graças a Deus obrigado meninas a todos que me ensentivaram a não desistir abraços, outra hora posto fotinhas oqui abraços.

sábado, 27 de abril de 2013

Tecidos de Algodão

O algodão é a fibra mais utilizada no mundo e possui alto valor mercadológico. Sua origem vem da Índia, onde foram tecidas as peças mais antigas – e da Etiópia – norte da África. Entre os países que mais produzem algodão no mundo encontram-se: Estados Unidos, Egito, China, Índia, Paquistão, Rússia e Turquia. O Brasil é destaque na América Latina e ocupa a primeira posição no ranking dos produtores de algodão. A produção brasileira concentra-se no Nordeste e no estado de São Paulo. Não somente a fibra, mas praticamente toda a planta de algodão pode ser aproveitada: este é o grande diferencial do algodão perante as demais fibras naturais. A fibra é sem sombra de dúvidas, o material mais nobre. A semente, por sua vez, produz óleos, inclusive comestíveis. Até a penugem, curta e leve que fica presa aos caroços, tem várias utilidades, tais como estofo de travesseiros, almofadas, alguns estofamentos e, entra em composições mistas que fazem parceria com papel e mesmo o plástico. O algodão é a fibra mais resistente, podendo ficar séculos com conservação razoável e é menos vulnerável a traças, mofos e fungos. Até mesmo o refugo da fiação é reaproveitado na produção de estopas q barbantes. O óleo proveniente das sementes também é utilizado na indústria doméstica. Plásticos, papel, filmes fotográficos, embalagens de produtos perecíveis que necessitam de conservação, etc. Todos esses produtos têm como matéria-prima o línter, a penugem que fica presa aos caroços depois de beneficiamentos. A flor de algodão apresenta-se em diversas cores e tonalidades, dependendo do clima e da espécie: branca, azulada, rosada, amarela e tem a peculiaridade de abrir pela manhã e fornecer no dia seguinte. A floração começa no verão e termina no outono. Há também o desenvolvimento de fibras de algodão colorido o que eliminaria a etapa de tingimento dos fios. Na indústria da moda, o algodão é a fibra que mais utilizada na fabricação de tecidos, para a confecção de roupas para os mais diversos públicos. Dependendo da qualidade e do número de fios – quanto maior é a quantidade dos mesmos, maior é também a qualidade – o algodão veste bebês, noivas e executivos, e seve de matéria-prima para a alta costura e o prêt-à-porter de luxo. Devido à sua grande resistência é indicado para vestimentas de trabalho, como macacões, jardineiras e calças, nas quais se destaca o jeans que tem o algodão como matéria-prima básica. Alguns tecidos feitos de algodão Aartex / Algodãozinho / Alpaca / Anarruga / Andriople / Atoalhado / Batista / Brim / Brocado / Calicot / Camayeux / Cambraia / Canelado / Canvas / Cavalinha / Cetim de Algodão / Cetinela / Chambray / Chenille / Chintz / Chita ou chitão / Cloquê / Coutil / Crepe de algodão / Cretone Crepão ou Crepon / Crinolina / Denim / Devorê / Double-face / Drill / Escocês / Esponja / Étamine / Feltro / Filó / Fil-à-Fil / Flanela / Fustão / Gabardine / Ganga / Gaze / Gorgurão / Jeans / Laise / Lona / Matelassê / Moleton / Morim / Musseline / Natté / Organdi / Organza / Otomã / Panamá / Peau-de-pêche / Percal / Pique / Popeline / Renda / Shirting / Suedine / Talagarça / Tarlatana / Toile-de-Jouy / Tropical / Tule / Zefir / Zuarte

quinta-feira, 25 de abril de 2013

TECIDOS NATURAIS x TECIDOS SINTÉTICOS

Olha, quase tudo que a gente adquire – em peças de roupa – é feito de tecido. Então é bem esperto de nossa parte conhecer tipos de tecidos e saber das propriedades (boas e ruins) de cada um, não é mesmo? Conhecendo, a gente consegue avaliar o que vale mais e o que vale menos, quando usar cada tipo desse materiais e mais. Todo tecido pode ser feito com fibras naturais ou artificiais/sintéticas. As fibras naturais são o algodão, o linho, a lã e a seda – só. Esses tecidos são bem confortáveis e flexíveis, duráveis, resistentes, de toque agradável, práticos de manter e todos “respiram” (não dão cheirinho ruim!); mas amassam com mais facilidade e super podem desbotar com o tempo. Os tecidos feitos com fibras artificiais (tipo viscose, raion, acetato, poliéster, acrílico e nylon) secam muito rápido, são super resistentes e quase não amassam (ótemos para viagens), mas não absorvem a transpiração, dão cheirinho (ixi!) e queimam com super facilidade na hora de passar. Sabe aquela etiqueta que vem dentro da peça, grudadinha na costura do lado do corpo? É lá que a gente conhece a mistura de fios que compõe cada peça que a gente compra, até com porcentagens de cada fio na confecção da roupa – sabia? Toda roupa tem obrigação de vir com essa etiqueta, tipo uma imposição do governo e tals. E aí, entendendo a etiqueta, a gente pode avaliar coisas tipo: * uma peça com maior quantidade de tecido natural sempre é mais fresquinha: no calor, mesmo peças escuras – se feitas em algodão, seda e afins – dão menos sensação de mointo quente do que as sintéticas (que fazem parecer que a gente se enrolou no plástico – nada fresquinho, néam?); e quanto mais tecido natural na composição, mais o valor cobrado pode ser justificado * uma peça com maior quantidade de tecido sintético é mais quente: então malhas feitas em fios artificiais, bem pro frião mesmo, super aquecem mais (e a gente sempre usa com camiseta de algodão por baixo!) e podem ser bem baratinhas – o que não vale é pagar super caro por uma peça 100% sintética sabendo que não vai super durar, entende? * materiais naturais transmitem instantaneamente uma imagem mais elegante e duram bem; materias sintéticos têm questões de manutenção recorrentes e enjoadas de cuidar, tipo bolinhas, enrrugados, cara de velhinhas logo depois das primeiras lavagens, costuras que entortam e tals. * tudo que tem stretch/elastano tem fio sintético na composição; tecido plano (que não estica) pode ser feito de tecido natural ou de tecido sintético; malha (tecido que estiiiiiica, tipo viscolycra, jérsei, suplex, etc etc etc) pode ter porcentagem de tecido natural, mas é quase sempre muito sintético – aqui tem toda diferença entre tecido plano e malha bem explicadinha! E em cada guarda-roupa, pra cada tipo de personalidade e de estilo de vida, a gente encontra necessidades diferentes. Quem viaja muito precisa de uma coisa, quem vai andando pro trabalho precisa de outra coisa, quem tem criança precisa de outra, quem tem momentos diferentes pode precisar de uma coisa pra cada momento desses. Bom é conhecer e estudar pra todo mundo investir certo, em valores e em quantidades! Creditos á http://oficinadeestilo.com.br/2012/02/15/tecidos-naturais-x-tecidos-sinteticos/

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Oi. Faz algum tempo já que não costuro, verdade. Me mudei estou num ap agora e não nos organizamos ainda. Minhas maquinas estão no quarto das crianças, o quarto deles esta dakele geito. Então só vou voltar a costurar quando se organizar tudo agradeço a todos que comentaram sobre a chinesinha nem peguei nela mais, tenho progetos em mente mas por enquanto esta só na mente. Outra coisa queimou a luz da minha janome R$12 achei caro uma maquina cara ta loco todos os acessorios são caros mas vale a pena né! Quem quiser o molde deste casaco estarei repassando pois uma pessoa especial me passou e se alguém precisar estou pronta a ajudar também. Assim que possivel estarei confeccionando ele abraços a felicidades.

terça-feira, 9 de abril de 2013

Tutorial listras.....

Oi tudo bem comigo esta maravilhosamente bem. Hoje vai ser um tutorial de uma saia de listras, que encontrei na net e como as listras realmente estão em alta resolvi compartilhar com todos. vc vai pegar um tecido qualquer como esta saia lisa e vai passar fita crepe em toda ela, como na foto. o proximo passo é colocar um papel grosso dentro da saia no meio para que a tinta não passe do outro lado e borre tudo( tinta pra tercido). espero que gostem retirado de http://www.opinandomoda.com/ abraços e felicidades.

quinta-feira, 4 de abril de 2013

SOCORRO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Comprei minha overloque chinesinha marca Ben ma. Ela veio passada linha, dai dei um nó na linha e emendei a dita cuja da linha e fui puxando arrumando tudo certinho não deu certo o ponto ficou horrivel depois quase quebrei a cabeça tentando enfiar a linha dai vi videos consertei todos os erros mas nada resolveu meu problema. Não sei mais o que fazer!! quero muito costurar com ela mas do jeito que tá não dá. Alguém me ajuda por favor qualquer coisa que me ajude. Obrigado.